Notícias de Última Hora
Casa / Humor / Paródia com Poema de Camões

Paródia com Poema de Camões

Amor é um fogo que arde sem se ver;

 

É ferida que dói, e não se sente;

É um contentamento descontente;

É dor que desatina sem doer.

 

É um não querer mais que bem querer;

É um andar solitário entre a gente;

É nunca contentar-se e contente;

É um cuidar que ganha em se perder;

 

É querer estar preso por vontade;

É servir a quem vence, o vencedor;

É ter com quem nos mata, lealdade.

 

Mas como causar pode seu favor

Nos corações humanos amizade,

Se tão contrário a si é o mesmo Amor?

     Luís Vaz de Camões, in “Sonetos”


Tema: Bullying 

ejaculação precoceO Bullying é algo que que faz sofrer

 

Faz feridas que machucam muita gente

São marcas que ficam pra sempre

É doe que desafia o querer

 

É um perceber e não querer

É a discriminação andando por entre a gente

É uma ação que ativa o inconsciente

É perder a alegria de viver

 

É um prisão fruto da maldade

É servir ao agressor por temor

É sentir-se excluído da sociedade

 

Mas porque causar tanta dor

Na pessoas que convivemos

Se podemos dar amor ?

 

 

Escrito por Evelyn Ferreira

Evelyn Ferreira
Feliz aquele que ensina o que sabe!

Veja também...

Futebol e Humor Tudo Junto e Misturado

Olá pessoal para você que gosta de comédia e que também gosta de futebol hoje …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *